“Não passava nada pela cabeça, só tentava me defender”

“Não passava nada pela cabeça, só tentava me defender”

http://ponte.org/nao-passava-nada-pela-cabeca-so-tentava-me-defender/

01/03/16 Por Maitê Berna

Vítima de #homofobia vive com #medo e a base de calmantes após ser #agredido, em #SãoJosédosCampos. Há duas semanas, uma #trans também foi espancada na capital #paulista

"Os dados sobre violência motivada por homofobia são desatualizados, mas o 3º relatório divulgado pelo Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos na sexta-feira, dia 26, mostra que 5 pessoas sofrem algum tipo de #agressão por dia. O estudo é referente aos dados de 2013, quando foram registradas 1.965 denúncias de 3.398 violações relacionadas à população #LGBT, envolvendo 1.906 vítimas e 2.461 suspeitos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s